sábado, 28 de julho de 2012

Ah, aquele Porche Cayenne !!! Certo dia, recebi uma ligação no meu celular 21 81828065, de um homem que dizia que adoraria ser meu amante genero$o, que adorava dar presentes, galantear, dar quantias genero$a$ para mulheres casadas, na presença do corninho, que veria sua amada esposa sendo beijada e fudida de um modo bem gostoso. Adoroooooooo!!!! Fiquei superexcitada com a proposta, pois adoro ser fudida, como uma puta, ainda mais quando sou paga ou agraciada com valorosos presentes, como uma grande mulher merece. Minha bucetinha chega a ficar meladinha só de pensar e ouvir uma proposta destas. Falei com meu maridinho, que prontamente aceitou a proposta, dizendo que se fosse pra me ver feliz, poderíamos dar prosseguimento ao evento.
Ficamos de esperar o telefonema do meu mais recente provável amante generoso. Claro que se passaram alguns poucos, mas muito angustiantes dias, esperando que ele ligasse, nas expectativa de marcarmos nosso encontro. E tal dia chegou. O telefone tocou e já tinha armazenado seu nome como "mãoabertaparaesposas". Quando vi seu nome no chamado, não me contive de excitação, imaginando que, em breve, seria uma esposinha de programa, bem paga para gostosos momentos de prazer. Meu marido atendeu e ouviu o generoso amante dizendo que era chegada a hora, e gostaria de saber se estávamos disponíveis para que ele pudesse presentear minha mulher com um generoso pagamento para alguns momentos de prazer. Meu marido disse que sim. Acertada hora e local, rumamos para o ponto de encontro e ficamos aguardando no estacionamento marcado. Não sabíamos em que carro ele viria, mas , ao virmos um puta carro estacionando pouco tempo depois que chegamos, um Porche Cayenne preto, lindo, imponente, imaginei que poderia ser ele, meu abastado genero$o. Nosso telefone tocou e foi confirmado: era ele mesmo !!! Nos dirigimos ao possante e, como uma verdadeira dama, entrei pela porta da frente, meu corninho indo atrás. Nos apresentamos , trocamos beijinhos, cumprimentos, e nos dirigimos ao motel, próximo de onde estávamos. O carro parecia uma nave espacial, de tantos botões que existiam nele. refrigerado e perfumado. Que delícia de momento !
Ao entrarmos no motel, como não poderia ser diferente para o nível daquele homem, ele escolheu uma suíte completa, com sauna, piscina e hidromassagem. Depois que entramos na garagem, meu marido se levantou de trás do banco, pois havia se escondido para que pudéssemos entrar os 3 juntos, pois, infelizmente, alguns motéis não permitem isso, um pouco atrasados ,ainda, no tempo, pois em tempos modernos como os de hoje, este tipo de relação já não é nenhum espanto, nenhuma anomalia comportamental.
Quando entramos, que lindo ! Que suíte ! Digna de uma grande putaria, uma grande sacanagem, uma grande fantasia realizada, de ser paga como puta puta pra fuder na frente do maridinho. Pra iniciar, entrei no banheiro e voltei vestida para um strip tease para meus dois amores, em especial, é claro, para meu bondo$o amante. Ele não resistiu e não conseguiu esperar que eu chegasse ao final, vindo até mim e me dando um beijo de novela, tipo de protagonistas. Começou, então, a tirar o restinho de roupa que eu ainda tinha no corpo, e me colocou deitada de pernas abertas sobre a enorme cama, e caiu de boca na minha xaninha, já babada a esta hora, pelo tesão que o momento proporcionava. Chupou tanto que , como quase sempre acontece quando alguém me chupa, gozei na sua boquinha, sentindo meu líquido cair em sua boca adentro, atráves da língua. A esta altura, meu marido já estava com sua picabem dura e direcionada na mina boca, e eu a engoli por inteiro, chupando com muita vontade. Nesta hora, meu amado amante veio, também, com sua tora, e também me deu para chupá-la. Logo, era minha boquinha preenchida com duas pirocas, ora uma , ora outra, ora as duas. QUe delícia !
Depois de deixarem as duas picas bem babadas, falei que era hora de ter uma delas, ou mesmo ambas, na minha bucetinha. Demoraram apenas alguns nanosegundos rs rs pra que , pelo menos, uma delas estivesse dentro de mim, invadindo meu espaço vaginal, sedento de piroca. Era quem? Claro, meu adorável "cliente" rs , e cliente satsfeito volta e não reclama em órgão de defesa do consumidor rs rs. Pensei: "será que ele me penetrou sem colocar camisinha? "Claro que não, pois um gentleman como ele não faria este tipo de coisa. Ele foi tão rápido que nem o vi colocar a embalagem de piroca. E começou a socar gostoso, aumentando gradualmente a força, socando cada vez mais forte. Depois de alguns gostosos momentos, falei que queria ambos dentro de mim.Ele saiu de cima de mim, e eu fui pra cima do meu corninho, que deitou de costas, e eu sentei na sua babada piroca, de costas pra ele, dando a visão da minha xoxotinha penetrada para meu piloto de Porche. Olhei pra ele e falei: "vem, meu amor, mete esta vara gostosa dentro de mim, junto com meu maridinho, fazendo uma maravilhosa DP". E ele, com ouvinte que é, nem pensou duas vezes, e começu a enterrar lentamente sua piroca, apertada no espaço com a do meu maridinho. Caralhooooooooo ! Que delícia ser penetrada por duas picas ao mesmo tempo. Um tesão do cassete. E eu rebolava e pedia para eles socarem mais e mais e me xingarem de puta, de piranha,de vadia, no que fui prontamente atendida, pois meu amante dizia que eu era sua esposa de aluguel, puta, e que tinha que fuder muito gostoso pois estava sendo bem paga por isso, e meu corninho me chamava de vagabunda, dizendo que eu era muito quenga por dar a bucetinha por alguns "galinhos" rs rs. QUE FODA GOSTOSA !!! Com esta putaria toda, não tardei a gozar, urrando e gritando, dizendo que eu era a puta mais feliz do mundo. Meu marido disse que iria gozar também, e o fez dentro da minha xotinha, deixando-a toda melada, com a piroca do meu amante mão aberta, que continuou me socando com a porra dentro de mim sendo mexida pelas duas picas. Que delícia. Tipo milkshake de porra. Quando meu bondo$o amante disse que iria gozar, falei pra ele tirar sua tora de dentro de mim, tirar a camisinha e dar jatos de seu leitinho na minha boca, o que fez de pronto. Gozou e gozou muito, caindo porra por todo o meu rosto e na minha boca, que absorvi o que pude com a língua, e o que não pude, peguei com os dedinhos e lambi. Foi demais. Deixei sua piroca limpinha, labendo cada gota de sua porra, de seu leite quentinho. Pra fechar com chave de ouro aquele encontro, fiz, como faço com meus "clientes", quer dizer, com meus genero$o$: pedi a ele que colocasse as notas em cima de mim que eu queria ser assim fotografada. E fiquei louca vendo a quantidade de "oncinhas" que ele esparramou pelo meu corpo. Melhor que isso? Ainda não descobri.Alguma sugestão?           


Um comentário: